26 janeiro 2017

A Bíblia


Minha reflexão é acerca da Bíblia. A Santa Escritura ou a Bíblia Sagrada, não é a mesma para todos. Para os Samaritanos, sua Bíblia só tem 6 livros; Para os Judeus, a sua bíblia já tem 39 livros; Para os cristãos Católicos  Romanos, sua Bíblia tem 73 livros; Para os Ortodoxos Gregos, sua Bíblia tem 80 livros; Os protestantes usam uma Bíblia com 66 livros. Cada um sabe de si as razões porque assim é.

As Bíblias que mais se usam são a Católica e a Protestaste. Existem alguns argumentos de ambos os lados.Do lado católico, se diz que os protestantes tiraram livros, e do lado protestante, se diz que os católicos acrescentaram livros.Muito em breve os Portugueses poderão ler em português  uma nova tradução de uma Bíblia com 80 livros Em que ficar ?

Não sei quais os aguamentos  dos protestantes sobre estas três bíblias, 66, 73 e 80 livros, por isso, o que aqui afirmo é de minha inteira responsabilidade.

Como se sabe entre Malaquias a Jesus Cristo, em que alguns dizem ser o tempo do silencio, mas penso que foi um tempo de surdes dos profetas de Israel.Dizem ser O período intervocálico.

 Os judeus ortodoxos tinham 39, a tradução original só era os 39 ( 24 ou 22, na Hebraica), e só mais tarde foram anexados os 14 livros, que os judeus não consideravam canónicos. No século XVI, a Igreja Latina, dos 14 da LXX, apenas canonizou 7, a que baptizou com o nome de Deuterocanónicos. 

 Se a minha pessoa lê bem, ora se durante 400 anos a.C. não houve profecia, os livros que foram anexados à LXX, que escritos nesse período, não foram escritos com a mesma inspiração.

Para concluir, a LXX original foi escrita por volta de 240 a.C. , e os 14 livros são todos posteriores.

Não sou fechado e nem rasgado, mas aberto à verdade. Sendo assim, peço a quem saiba, quando os 14 livros foram anexados na LXX.

Se minha leitura estiver equivocada, queira esclarecer-me.


 

A ´Bíblia


18 novembro 2016

Deus e não deuses, estes tolerados

Depois de 64 anos de me considerar um cristão praticante, e tendo lido e estudado ciência das religiões, li o que se diz de Deus e das religiões. Teólogos houveram que afirmaram que não foi Deus que criou os seres humanos, mas estes é que criaram DEUS. De facto, quem  lê Histórias  das Religiões,   nem sempre fazem a diferença, entre Deus e os deuses. É verdade que os seres humanos que voltaram as costas a Deus, tenham criado deuses à sua imagem e semelhança. Sim, acredito em um SÓ DEUS que criara os seres humanos à sua Imagem e Semelhança, e não dos deuses que os seres humanos criaram. Respeito quem pense de outra forma.

26 setembro 2016

Aqui deixou uma mensagem solidária para todos os colegas na situação de aposentados, com o desejo que o Senhor ajude a cada um em sua situação, e que creiam que oro por vós e por vossas famílias. Para as irmãs que ficaram viúvas, que Deus vos possa ajudar em tudo. Sei que alguns vivem com problemas de saúde, que o Altíssimo faça o que achar melhor. Oro pelas vossas melhoras. Ao mesmo tempo, agradeço as vossas orações pela minha família, pois nem tudo vai bem. Grato.

                                                           António Costa Barata

10 janeiro 2016

Esta manhã vou recordar um excelente professor que a minha pessoa teve na Universidade Lusófona de Lisboa, o Docente ALÍPIO DE FREITAS, com o qual muito aprendi, quer nas aulas, quer nas conversas informais. Não só nas aulas, nas conversas informais, bem como  num livro que fez o favor de me oferecer. Como li na imprensa, apesar de ver pouco, vê mais longe . Aqui vai um grande abraço, cheio de admiração por que muito sofreu pelas suas convicções. Seu aluno António Costa Barata.

PS se me fornecerem seu endereço de Olivais, terei imensamente gosto em o visitar pessoalmente.

                                                             ACB

08 janeiro 2016

Breves notícias

Novo Ano Vida Velha e nós mais velhos. Se Deus e permitir, a 12.02.16,
Serão 83 Invernos, 64 deles com a companhia de Jesus Cristo. A Deus toda
toda a glória!

Nem sempre o que prometemos, executamos. Ainda não é agora, mas em
breve, se Deus o permitir, neste novo ano, partilhar com quem desejar, o que
durante anos fui anatando em papeis e cadernos.

Para já e por agora, o que não se escreve, a memória falha.

Para quem me desejou as Boas Festas e eu não as retribui, lamento. Que
todos tenham passado um Bom Natal e que o ano novo seja melhor para
todos vós e para nós todos. 

07 julho 2015



 1955: BOA SEMENTE, ano VII nº 14 Julho de 1955, Editora : Margarida Bowker, P.27, 2ª coluna. Escola Dominical- Da PONTINHA: Os alunos da Escola Dominical da Pontinha, saúdam com a paz do Senhor Jesus Cristo, a todos os leitores da “ Boa Semente”.
É a primeira vez que escrevo para o nosso jornalzinho e, estou muito alegre por dar notícias do trabalho na PONTINHA.
Este trabalho é muito novo, mas Jesus nos tem abençoado ricamente . Aléluia !
O inimigo das nossas almas também tem levado muitas crianças, mas o Senhor nos tem dado mais, Aléluia !
Pedimos as vossas orações em nosso favor.
Saudações no Senhor
                                   O professor da Escola Dominical.
                                                    A.C.Barata
PS. Estimado leitores, em Julho de 1955, dei esta notícia, este mês faz nada menos do que sessenta anos, que publiquei o meu primeiro escrito. A Deus toda a Glória !

03 julho 2015

Fenómeno religioso

Aqui estou mais uma vez, desta ocasião, para deixar alguns pensamentos, de temas que estou investigando no universo do fenómeno religioso.

Dizem os especialistas: mana terá sido um dos mais antigos atributos a Deus, mas o seu conteúdo era a de um SER poderosa e IMPESSOAL.

O Apóstolo são Paulo, em Atenas viu muitos deuses e deusas, mas notou um espaço com este dizer: AO DEUS DESCONHECIDO. 

Muitas centenas de anos antes, Moisés recebeu um novo atributo de Deus, a saber: Eu Sou o Que Sou. 

Temos então dois atributos , mana e Jeová, quer dizer, um Deus impessoal e um Deus com personalidade. Ora,  são Paulo, disse aos gregos que o Deus que eles desconheciam, era o Deus com personalidade.

Mas são Paulo acreditou não só num Deus personalizado, como acreditou que Jesus Cristo, tinha vindo da presença desse Deus, para salvar os que acreditassem em sua mensagem  e nos méritos de sua obra.

Quem me ler, saiba no que a minha pessoa acredita: Acredito que o Deus com personalidade, criara os seres humanos à Sua  Imagem e Semelhança, mas os seres humanos descrentes nesta ideia, perfilham outra, Deus não criou os seres humanos à Sua Imagem e Semelhança, mas foram os humanos que criam Deus à sua imagem e semelhança.

O que eu compreendo é que os investigadores do fenómeno religioso, nem sempre fazem diferença, entre Deus e os deuses, estes foram criados pelos seres humanos, e não Deus.

Por hoje, ficou esta síntese: Creio que Deus criou os humanos à sua Imagem e Semelhança, mas depois, os humanos não ficaram com Deus, criando seus deuses.

António Costa Barata.